Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
12ºC
Amanhã
15º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

19/03/2014 17:16

Crocodilo de espécie rara morre sufocado durante acasalamento

"Ela não conseguiu suportar a atitude dominadora do parceiro", segundo uma declaração do zoológico Artis

Crocodilo de espécie rara morre sufocado durante acasalamento<br /><b>Crédito: </b> Ronald Van Weeren / AFP / CP
Crocodilo de espécie rara morre sufocado durante acasalamento
Crédito: Ronald Van Weeren / AFP / CP
Crocodilo de espécie rara morre sufocado durante acasalamento
Crédito: Ronald Van Weeren / AFP / CP

Uma crocodilo fêmea, de uma espécie rara e ameaçada, morreu sufocada em um zoológico holandês durante uma tentativa de acasalamento com um parceiro "dominante", informou a instituição nesta quarta-feira.

"Ela não conseguiu suportar a atitude dominadora do parceiro", segundo uma declaração do zoológico Artis, em Amsterdã.
Os dois são da espécie gavial-da-malásia (Tomistoma schlegelii).

Durante a relação sexual, o macho da espécie segura a fêmea com a boca, "para mostrar sua superioridade", segundo o zoológico, ressaltando que, nesse caso, a fêmea "aceitou esse comportamento".

A crocodilo morreu sufocada com diversas mordidas pelo corpo, principalmente ao redor do pescoço. Só restam cerca de 2.500 membros da espécie no mundo todo. Eles são encontrados na Malásia, em Mianmar, e nas ilhas de Java, Bornéu e Sumatra.

Quando estão soltos, os machos costumam copular com várias fêmeas ao mesmo tempo. Somente 10 zoológicos na Europa possuem crocodilos da espécie gavial-da-malásia.

Bookmark and Share


Fonte: AFP





» Tags:Animais Mundo

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.