Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 19/03/2014
  • 18:35
  • Atualização: 18:48

Presidente da Câmara de Rio Grande pede reintegração de posse

Manifestantes e vereadores não chegaram a acordo sobre a desocupação do local

  • Comentários
  • Lucas Rivas/Rádio Guaíba

O presidente da Câmara de Vereadores de Rio Grande, vereador Giovani Moralles, ingressou na tarde desta quarta-feirana Justiça pedindo a reintegração de posse do prédio. A ação foi protocolada na Comarca da cidade. Até às 18h, o Judiciário ainda não havia se manifestado. Um grupo de cerca de trinta jovens ocupam o plenário da Casa desde a tarde de terça-feira.

Maralles explica que a ação foi movida depois que a reunião entre manifestantes e o prefeito da cidade, Alexandre Lindenmeyer, não evolui sobre o impasse envolvendo o aumento do valor da passagem de ônibus, principal reivindicação do protesto. Os ativistas reforçam que o local permanecerá ocupado tempo indeterminado.

A assessoria de imprensa da Câmara ressalta que a ocupação permanece pacífica e sem depredações. Durante este período, não serão efetuadas sessões na casa, pois o espaço é pequeno e não comporta grande volume de pessoas.

O movimento protesta principalmente contra o aumento de R$ 0,15 concedido ao transporte público municipal. A tarifa foi reajustada no último domingo, passando de R$ 2,60 para R$ 2,75. O grupo também pede o retorno do Departamento Autárquico de Transporte Coletivo (DATC), para assumir as principais linhas de ônibus da cidade.

Bookmark and Share