Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 20/03/2014
  • 23:17
  • Atualização: 23:23

Manifestantes deixam Câmara de Vereadores de Rio Grande

Justiça conseguiu acordo para desocupação pacífica do local

  • Comentários
  • Correio do Povo

Audiência de conciliação realizada na tarde desta quinta-feira, na Câmara de Vereadores de Rio Grande, resultou na desocupação pacífica dos manifestantes. O grupo, que ocupava o local desde segunda-feira protestando contra o aumento das tarifas de ônibus no Município, retirou-se completamente até o início da noite.

A audiência foi presidida pela Juíza de Direito Fúlvia Beatriz Gonçalves de Souza Thormann, buscando acordo em ação de manutenção de posse movida pela Câmara dos Vereadores do município contra os ativistas do Movimento Livre Unificado (MLU) e ocupantes não identificados. Eles estavam dentro do plenário da Câmara com colchões e cobertores e, após três horas de negociação, foi viabilizado pelo Poder Judiciário consenso para desocupação pacífica e imediata.

Participaram membros do Movimento Livre Unificado; o Presidente da Câmara de Vereadores, Giovani Bastos Moralles; Vereadores e o Procurador do Município de Rio Grande, Fernando Amaro da Silveira Grasse.

Os integrantes do Movimento concordaram em se retirar mediante o encaminhamento de reivindicações, por lavratura de ata judicial: repasse imediato das planilhas de custos com o balanço financeiro das empresas Noiva do Mar e Cotista; cancelamento imediato do aumento da tarifa do transporte coletivo; comprometimento por escrito da construção de um projeto de lei de passe livre estudantil; mudança de caráter do Conselho Municipal de Trânsito de consultivo para deliberativo e comprometimento formal da reativação gradual das linhas urbanas do DATC.


Bookmark and Share