Porto Alegre, sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

  • 24/03/2014
  • 14:22
  • Atualização: 14:48

Funcionários da CEEE avaliam entrar em greve a partir de quinta

Durante a manhã desta segunda, servidores bloquearam a avenida Ipiranga, na Capital, por duas horas

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os funcionários da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) avaliam entrar em greve a partir da quinta-feira. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira durante assembleia da categoria no pátio da empresa na rua Joaquim Porto Vila Nova, em Porto Alegre. Os trabalhadores decidiram não aceitar a proposta da companhia que prevê um reajuste de 5,38% parcelado em quatro vezes. Os servidores reivindicam um reajuste salarial de 12% e uma reavaliação do plano de cargos e salários da empresa.

O presidente do Sindicato dos Eletricitários do Rio Grande do Sul (Senergisul), Danilo Garcia, destacou que com relação ao plano de saúde e o vale-alimentação a empresa não apresentou nenhuma proposta aos funcionários. Conforme Garcia, a direção da CEEE não realizou o pagamento do plano de participação nos resultados de 2013. “Queremos a reabertura das negociações e apresentação de uma nova proposta salarial pela empresa”, explicou.

Nesta segunda-feira, os servidores paralisaram as atividades durante duas horas e bloquearam o portão de acesso da companhia. O fechamento do portão afetou o trânsito na avenida Ipiranga no sentido Centro/bairro a partir da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs). Um congestionamento de aproximadamente dois quilômetros se formou na Ipiranga o que deixou o trânsito lento e congestionado na região.

A CEEE conta com 4,6 mil funcionários e sete mil aposentados. A paralisação de duas horas afetou a parte operacional da empresa, agências e gerências nas cidades de Pelotas, Osório, Camaquã e Bagé. Segundo Garcia, os servidores definiram prazo até quarta-feira para a empresa se manifestar com relação às reivindicações da categoria.

Na quinta-feira, os trabalhadores irão realizar uma assembleia, pela manhã, para analisar a proposta da empresa. Em reunião realizada na semana passada, a companhia ofereceu reajuste de 5,38% divididos em quatro parcelas. A direção da companhia informou que somente irá se manifestar após receber as reivindicações da categoria.

Bookmark and Share


TAGS » Greve, Bloqueio, CEEE