Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 24/03/2014
  • 16:18
  • Atualização: 16:48

Diretor-presidente da Gerdau estima alta de 5,2% na produção de aço no País

André Gerdau Johannpeter destacou oportunidade de aumentar o consumo per capita do produto em 2014

  • Comentários
  • Correio do Povo

A avaliação do diretor-presidente da Gerdau, André Bier Gerdau Johannpeter, apontou que este ano será positivo para a produção de aço no Brasil. Durante reunião-almoço do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Rio Grande do Sul (Sinduscon/RS) nesta segunda-feira, Johannpeter estimou em 5,2% o crescimento do setor e de 5% nas vendas do produto.

Com o tema “Competitividade e desafios do setor de aço no Brasil”, Johannpeter destacou que existe a oportunidade de aumentar o consumo de aço per capita no Brasil. Em 2012, o consumo de aço laminado no país foi de 127 quilos/habitante. Conforme o diretor-presidente, na Rússia o consumo alcançou 293 quilos, nos Estados Unidos, 308, e na China, 447 quilos. Ele defendeu que o consumo de aço no País tem que crescer. “Para que isso aconteça é necessário que haja investimentos por parte do governo, principalmente em infraestrutura”, destacou.

O diretor-presidente da Gerdau elogiou o aumento de renda do brasileiro nos últimos anos. “Temos um salário mínimo nacional de R$ 724,00 mas agora temos que aprender a poupar e também como investir este recursos”, explicou.

A Gerdau possui 45 mil funcionários e fábricas em 14 países - nas Américas, Ásia e Europa. A empresa possui ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo, Nova Iorque e Madri e conta com mais de 120 mil acionistas no mundo. Conforme Johannpeter, a empresa recicla 15 milhões de sucata a cada ano no mundo. “É a maior recicladora da América Latina e, do mundo”, ressaltou. A Gerdau encerrou o ano de 2013 com receita líquida consolidada de R$ 39,9 bilhões, 5% a mais sobre o ano anterior. No mesmo período, as vendas físicas consolidadas, de 18,5 milhões de toneladas, mantiveram-se estáveis perante 2012, ao passo que a produção de aço foi de 18 milhões de toneladas, volume 4,8% menor.


Bookmark and Share


TAGS » Economia, Brasil