Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 25/03/2014
  • 10:01
  • Atualização: 10:17

Rússia considera suspensão de contatos no G8 prejudicial a todos

Grupo dos países mais industrializados cancelou reunião em território russo

  • Comentários
  • AFP

A decisão de suspender a reunião do G8 (grupo dos sete países mais industrializados e a Rússia), que estava prevista para ser realizada em Sochi, será prejudicial a todos os países, prevê o porta-voz do presidente russo Vladimir Putin, Dmitri Peskov. "No que diz respeito aos contatos com os países do G8, nós estamos dispostos, estamos interessados em mantê-los", disse Peskov nesta terça-feira.

"Consideramos que a falta de vontade de outros países para continuar com o diálogo é contraproducente para nós, mas também para nossos sócios", completou. O porta-voz.

• Rússia diz que anexação da Crimeia custará US$ 2,8 bi ao ano

Na segunda-feira, os líderes do G7, grupo informal dos países mais industrializados, integrado por Estados Unidos, Canadá, Japão, Alemanha, Grã-Bretanha, França e Itália, cancelaram a reunião do G8 prevista para junho em Sochi (sul da Rússia). O encontro de Sochi foi substituído por uma reunião do G7 em Bruxelas.

O cancelamento da reunião do G8 é uma reação dos países ocidentais à anexação da Crimeia, península que pertencia à Ucrânia e que desde o dia 28 de fevereiro está sob controle de tropas russas. A Crimeia, que abriga a frota russa no mar Negro, foi parte da Rússia até 1954, quando o então dirigente soviético Nikita Kruschev passou seu controle à Ucrânia. Após a queda do ex-presidente ucraniano, Viktor Yanukovich, em fevereiro, as populações das regiões sul e leste do país foram às ruas para protestar contra o que consideraram um golpe de Estado.

A Rússia, aliada de Yanukovich e com interesses na região, apoia esse movimento. A península da Crimeia, de maioria étnica e língua russas e atualmente com um regime de república autônoma da Ucrânia, está sob controle de forças pró-Moscou desde 28 de fevereiro.



Bookmark and Share