Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
11º 19º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/03/2014 09:48 - Atualizado em 26/03/2014 10:18

Michelle visita reserva de pandas em viagem à China

Primeira-dama dos EUA alimentou animais em extinção

Michelle Obama e suas filhas durante visita reserva de Chengdu
Crédito: Peter Parks / AFP / CP

A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, teve nesta quarta-feira o privilégio exclusivo de alimentar os
ursos panda da reserva de Chengdu, no sudoeste da Chima, algo expressamente proibido para os visitantes comuns.

Michelle Obama, sua mãe e suas filhas Sasha e Malia, que realizam uma visita de vários dias à China, foram fotografadas quando davam a um urso panda pedaços de maçãs fixados na ponta de uma longa vara de bambu. Na parede do espaço havia um cartaz alertando sobre a proibição de alimentar os pandas, uma espécie em risco de extinção que se converteu em símbolo da China e que é considerado um dos "seus tesouros nacionais".

Michelle Obama também almoçou nesta quarta-feira em um restaurante tibetano, onde provou uma sopa de carne de iaque, um bovino de grande porte e muita lã que vive nas regiões frias do Tibete. A escolha deste restaurante reflete o interesse da primeira-dama "pelos direitos das minorias étnicas na China", explicaram pessoas próximas a ela. A província de Sichuan, cuja capital é Chengdu, conta com uma importante minoria tibetana.

Michelle Obama encerra nesta quarta-feira uma visita de sete dias destinada a dissipar a desconfiança que existe nas relações entre Estados Unidos e China.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.