Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 26/03/2014
  • 11:56
  • Atualização: 11:58

Obama diz que Rússia "está sozinha"

Presidente americano participou de cúpula com líderes da União Europeia

"Os Estados Unidos e a Europa estão unidos" na crise ucraniana, disse Obama | Foto: Georges Gobet / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O presidente americano, Barack Obama, afirmou nesta quarta-feira, em Bruxelas, ao final de uma cúpula com líderes da União Europeia que "o mundo é mais seguro e justo quando a Europa e os Estados Unidos são solidários".

"Os Estados Unidos e a Europa estão unidos" na crise ucraniana e "a Rússia está sozinha", acrescentou Obama, durante uma coletiva de imprensa. Moscou "jogou mal ao pensar que poderia criar um abismo" entre a Europa e os Estados Unidos, reiterou o presidente americano após uma reunião que durou mais de uma hora com os presidentes do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, e da Comissão, José Manuel Barroso.

Obama considerou que a crise ucraniana demonstra a "necessidade para a Europa de diversificar suas fontes de energia". Atualmente, o bloco europeu é muito dependente das importações de gás russo.

Obama também se declarou preocupado com a redução de gastos de Defesa. "A liberdade tem um preço" disse. O presidente americano, que participou de uma cúpula sobre segurança nuclear e de uma reunião do G7 em Haia nos últimos dois dias, deve se reunir com o secretário-geral da Otan Anders Fogh Rasmussen e discursar sobre as relações transatlânticas em Bruxelas, antes de viajar para Roma.

Bookmark and Share