Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 27/03/2014
  • 18:54

Servidores da Ufrgs, UFCSPA e IFRS decidem continuar em greve

Sindicato disse que não houve avanço nas negociações com os reitores

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

O coordenador-geral da Associação dos Servidores das instituições Federais (Assufrgs), Arthur Bloise, confirmou nesta quinta que os trabalhadores da Ufrgs, UFCSPA e IFRS seguirão em greve por tempo indeterminado. Arthur informou que não houve avanço nas negociações com os reitores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS).

Bloise destacou que o principal serviço afetado é o atendimento nas bibliotecas. Nas três instituições de ensino, há 3,5 mil funcionários, mas Bloise fala que ainda não há um levantamento exato sobre a adesão à greve. A categoria reforçou, ainda, que as aulas não estão sendo afetadas pela paralisação, que não envolve professores.

Entre as reivindicações dos técnicos-administrativos, estão a definição de data-base e política salarial permanente, o aprimoramento da carreira, ascensão funcional, cumprimento integral do acordo da greve de 2012, turnos contínuos e com jornada de trabalho de 30 horas, sem redução salarial.

Bookmark and Share


TAGS » Greve, Ensino, Ufrgs