Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 29/03/2014
  • 13:19
  • Atualização: 13:28

Polícia do Chile detém 31 em manifestações

Protestos lembram irmãos mortos na ditadura de Pinochet

  • Comentários
  • AFP

A Polícia do Chile deteve 31 pessoas após confrontos com manifestantes na madrugada deste sábado, o "Dia do Combatente" no Chile, que lembra a morte de dois jovens durante a ditadura de Augusto Pinochet. Conforme comunicado divulgado neste sábado, foram "cinco prisões nas regiões e 26 na região metropolitana". "Não há registro de policiais ou civis feridos", segundo o texto.

Os confrontos começaram na cidade de San Bernardo, ao Sul de Santiago, onde um grupo de pessoas tentou incendiar um ônibus e lançar bombas incendiárias contra a polícia. Também houve tumultos nos subúrbios, como em La Pincoya e Villa França, onde foram registrados confrontos e quedas de energia.

Incidentes são relatados a cada ano em Villa França, já que foi neste distrito onde em 29 de março de 1985 morreram os irmãos Eduardo e Rafael Vergara Toledo nas mãos da polícia durante a ditadura de Pinochet (1973-1990).

O dia é lembrado anualmente, sempre acompanhado de incidentes, mas não é um aniversário oficial.

Bookmark and Share


TAGS » Chile