Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Outubro de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
13º 20º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

29/03/2014 15:41 - Atualizado em 29/03/2014 18:01

BM terá novo uniforme para enfrentar distúrbios

Policiais do BOE receberão novo fardamento, semelhante ao da PM do Rio de Janeiro

BM terá novo uniforme para enfrentar distúrbios<br /><b>Crédito: </b> Divulgação / CP
BM terá novo uniforme para enfrentar distúrbios
Crédito: Divulgação / CP
BM terá novo uniforme para enfrentar distúrbios
Crédito: Divulgação / CP

A tropa de choque da Brigada Militar (BM) contará com uniformes estilo “Robocop” até o início da Copa do Mundo, em junho deste ano. Cerca de 300 conjuntos desse traje antidistúrbio serão entregues pelo governo federal, dentro do cronograma de repasse às forças policiais militares estaduais das 12 cidades-sede do campeonato mundial de futebol.

O subcomandante-geral da BM, coronel Silanus Mello, afirma que ainda não foram definidas as unidades que receberão os equipamentos de proteção individual. Assegurou, porém, que o 1º Batalhão de Operações Especiais (BOE) de Porto Alegre será contemplado.

O traje especial contra distúrbios, conhecido como exoesqueleto por cobrir todo o policial, como se fosse uma armadura, deve ser parecido ou idêntico ao que será usado pelo Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos (BPGE) da PM do Rio de Janeiro. Os policiais fluminenses já empregam este tipo de uniforme no Batalhão de Choque da corporação.

O novo equipamento de proteção individual, incluindo máscaras antigás, é resistente a impactos, pedradas, gás lacrimogêneo, perfurações, fogo e rojões. A necessidade de usar esse tipo de fardamento surgiu após os casos de violência verificados nas manifestações de rua desde junho do ano passado e que deverão se repetir até a Copa.

O coronel Silanus lamenta que os policiais militares precisem usar verdadeiras couraças como forma de se proteger das agressões. “Não precisaria disso se as manifestações ocorressem sem violência”, observa o oficial.

O subcomandante-geral da BM destaca ainda a previsão de mudança no uniforme do efetivo da corporação. Cerca de 5 mil novas fardas estão em licitação. A cor será a mesma, mas o tecido apresentará maior resistência e a gandola (jaqueta) ficará para fora da calça, com o cinturão por cima, dando mais mobilidade. “Será parecido com os usados pelo BOE”, comparou o oficial.

Bookmark and Share

Fonte: Álvaro Grohmann/Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.