Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 01/04/2014
  • 10:08
  • Atualização: 10:35

Servidores da Prefeitura de Porto Alegre paralisam atividades

Grupo se reuniu no Paço Municipal para reivindicar pagamento de gratificações

  • Comentários
  • Jerônimo Pires / Rádio Guaíba

Servidores da Prefeitura de Porto Alegre paralisaram as atividades nesta terça-feira. Um grupo se reuniu no Paço Municipal, a partir das 9h, para reivindicar o pagamento de gratificações aos trabalhadores. 

De acordo com a diretora da Associação dos Trabalhares em Educação da Capital (Atempa), Arine Cougo, o objetivo é pressionar o prefeito Fortunati. O ato foi deliberado na última terça-feira durante a plenária de mobilização. O Sindicato dos Municipários (Simpa) convocou para quinta-feira uma assembleia com objetivo de debater a campanha salarial de 2014.

Uma das categorias que paralisa as atividades é a dos monitores da Educação Infantil. Os trabalhadores exigem que o governo pague uma gratificação no valor de R$ 600, conforme prometido no final de 2013. Outra reivindicação é a mudança no padrão de seis para sete. Os monitores aceitam, no entanto, que o assunto seja incluído no debate do Plano de Carreira. A medida já foi aprovada pela Câmara de Vereadores, mas a Prefeitura vetou o projeto de lei, alegando vício de origem.

Bookmark and Share