Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 05/04/2014
  • 13:09
  • Atualização: 13:20

Confronto entre comunidades do sul do Egito deixa 23 mortos

Cinquenta pessoas ficaram feridas na província de Asuan

  • Comentários
  • AFP

Ao menos 23 pessoas morreram neste sábado em confrontos entre comunidades do Sul do Egito, causando a mobilização de reforços policiais, informaram autoridades de segurança. Cinquenta pessoas também ficaram feridas.

Os confrontos entre homens da tribo Bani Hilal e o povo núbio na província de Asuan acabaram depois da intervenção dos reforços policiais. Os confrontos tiveram início quando um homem de um dos clãs tentou seduzir uma mulher do grupo oposto, explicou o Ministério do Interior em um comunicado.

Na sexta-feira, uma tentativa de reconciliação entre os dois grupos, após vários anos de disputas, terminou em troca de tiros. Três integrantes da tribo Bani Hilal foram mortos, segundo autoridades. Os confrontos entre comunidades são comuns no sul rural e pobre do Egito, mas o episódio deste sábado foi o mais mortífero em anos.

Bookmark and Share