Correio do Povo

Porto Alegre, 16 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
20ºC
Amanhã
14º 23º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

06/04/2014 16:24

Ucranianos pró-Rússia tomam sede da administração regional em Karkiv

Leste da Ucrânia é palco de conflitos desde a queda do presidente pró-russo Viktor Yanukovich

Dezenas de manifestantes entraram no prédio<br /><b>Crédito: </b> Alexander Khudoteply / AFP / CP
Dezenas de manifestantes entraram no prédio
Crédito: Alexander Khudoteply / AFP / CP
Dezenas de manifestantes entraram no prédio
Crédito: Alexander Khudoteply / AFP / CP

Manifestantes pró-Rússia tomaram neste domingo a sede da administração regional em Karkiv, uma grande cidade do leste da Ucrânia, onde arriaram a bandeira ucraniana e içaram o pavilhão russo, constatou a AFP no local.

Dezenas de manifestantes entraram no prédio quando as forças de segurança abandonaram o local, em meio ao assédio de mais de 2 mil pessoas.

A polícia se mantinha a cerca de 50 metros do prédio.

Em Donetsk - outra grande cidade da Ucrânia, na região da fronteira com a Rússia - dezenas de manifestantes também ocuparam a sede da administração regional.

O leste da Ucrânia, região que faz fronteira com a Rússia, é palco desde a queda do presidente pró-russo Viktor Yanukovich, em 22 de fevereiro, de manifestações por uma "federalização" do país - proposta formulada por Moscou - ou pela adesão à Rússia.

Em março, ao formalizar a adesão da Crimeia à Rússia, o presidente russo, Vladimir Putin, prometeu defender "por todos os meios" as populações russófonas da repúblicas que pertenceram à extinta União Soviética.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.