Correio do Povo

Porto Alegre, 31 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
17º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

09/04/2014 07:00 - Atualizado em 09/04/2014 07:21

Explosão de bomba deixa 17 mortos no Paquistão

Atentado ocorreu em um mercado popular de Islamabad

Explosão de bomba deixa 17 mortos no Paquistão <br /><b>Crédito: </b> Aamir Qureshi / AFP / CP
Explosão de bomba deixa 17 mortos no Paquistão
Crédito: Aamir Qureshi / AFP / CP
Explosão de bomba deixa 17 mortos no Paquistão
Crédito: Aamir Qureshi / AFP / CP

A explosão de uma bomba em um mercado popular de Islamabad, a capital do Paquistão, matou 17 pessoas e feriu outras dezenas nesta quarta-feira, segundo as autoridades.

A bomba explodiu durante a manhã, quando centenas de pessoas - a maioria comerciantes - estavam no mercado. "Recebemos 17 corpos e 50 feridos", disse à imprensa a porta-voz do Instituto Paquistanês de Ciências Médicas (PIMS), Ayesha Isani, acrescentando que dois pacientes estão em estado crítico.

"Uma bomba de fabricação caseira de quatro ou cinco quilos explodiu no mercado quando quase 2.000 pessoas estavam no local", declarou Muhamad Khalid Khattak, comandante de polícia de Islamabad. Segundo as autoridades, a bomba estava escondida em uma caixa de frutas.

A explosão abriu uma cratera no chão de 1,5 metro de diâmetro, segundo testemunhas. O ataque, que não foi reivindicado, ocorre no momento em que o governo em Islamabad e os rebeldes do Tehreek-e-Talibã Paquistão (TTP) -
uma coalizão de grupos islâmicos armados - observam um cessar-fogo visando promover as negociações de paz.

Uma facção dissidente do TTP, o Ahrar ul-Hind, já violou o cessar-fogo no mês passado em um ataque contra um tribunal de Islamabad que deixou 11 mortos.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.