Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 10/04/2014
  • 08:47
  • Atualização: 08:59

Carro-bomba explode em frente a prédio do Banco Central grego

Ninguém ficou ferido, mas houve danos ao edifício que fica em Atenas

Segundo investigações, carro estava carregado com 75 kg de explosivos | Foto: Louisa Gouliamaki / AFP / CP

Segundo investigações, carro estava carregado com 75 kg de explosivos | Foto: Louisa Gouliamaki / AFP / CP

  • Comentários
  • AE

Um carro-bomba explodiu nesta quinta-feira em frente ao Banco Central da Grécia, localizado no centro de Atenas.
Ninguém ficou ferido, mas houve numerosos danos materiais. O ataque ocorreu horas depois de o país anunciar uma emissão de 3 bilhões de euros em bônus de cinco anos - a primeira venda de papéis de longo prazo desde o resgate pelos credores internacionais.

Nenhum grupo assumiu a autoria do atentado. De acordo com a polícia, a explosão aconteceu às 6h do horário local (meia-noite em Brasília), e foi precedida por dois telefonemas - ao site de notícias "Zougla.gr" e a um jornal local - alertando que um artefato seria detonado 45 minutos depois.

As janelas frontais do BC quebraram e um prédio, localizado a 200 metros da explosão, teve diversos danos. Segundo as investigações, o carro estava carregado com 75 kg de explosivos. A área da Praça Syntagma - onde fica o Parlamento grego - foi totalmente isolada.

A explosão acontece no mesmo dia em que Grécia deve retornar ao mercado internacional de títulos, após quatro anos de ausência, com a emissão de bônus do Estado no valor de 2,5 bilhões de euros, uma operação com a qual o governo do conservador Antonis Samaras quer dar o primeiro sinal que o país está se recuperando e ficando menos dependente da Troika de credores.

"O alvo evidente dos ataques é mudar essa imagem e alterar nossa agenda de políticas", disse o porta-voz do governo, Simos Kedikoglou. "Nós não vamos permitir que eles alcancem seu objetivo", completou.

Amanhã ocorrerá a visita da chanceler alemã, Angela Merkel, de quem se espera o apoio ao processo de reformas da Grécia e uma mensagem indireta de apoio a Samaras nas próximas eleições europeias


Bookmark and Share