Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

  • 11/04/2014
  • 06:59
  • Atualização: 07:02

Secretário do Tesouro dos EUA ameaça Rússia com novas sanções

Jacob Lew afirmou que crise pode ser resolvida pela via diplomática

  • Comentários
  • Agência Brasil

O secretário do Tesouro norte-americano, Jacob Lew, ameaçou Moscou, nessa quinta-feira, com novas sanções, durante encontro em Washington com o secretário russo, Anton Siluanov, informou um porta-voz do Tesouro. "O secretário Lew destacou que os Estados Unidos estão prestes a impor novas sanções à Rússia em caso de escalada (da violência) na Ucrânia", disse o porta-voz em comunicado.

Jacob Lew encontrou-se com Anton Siluanov durante a assembleia-geral do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial e lembrou que a crise ainda pode ser resolvida pela via diplomática.

Para protestar contra a anexação da Crimeia pela Rússia, os Estados Unidos colocaram na sua lista negra, em meados de março, o presidente russo e já ameaçaram retomar mais sanções contra a economia do país. Nesta sexta-feira, o presidente Vladimir Putin ameaçou os europeus de redução dos suprimentos de gás.

Segundo o comunicado do Tesouro, Jacob Lew também manifestou ao ministro russo "sérias preocupações" sobre um possível acordo de petróleo entre a Rússia e o Irã, o que não seria "compatível" com o regime de sanções para Teerã. Esse acordo poderia funcionar como gatilho para sanções contra todas as entidades ou indivíduos envolvidos nessas transações, acrescentou Jacob Lew.

Bookmark and Share