Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 11/04/2014
  • 10:18
  • Atualização: 10:44

Presos três suspeitos de assassinar guarda municipal

Homem de 51 anos foi morto a tiros em Cidreira no Litoral Norte

Presos três suspeitos de assassinar guarda municipal  | Foto: Brigada Militar / Divulgação / CP

Presos três suspeitos de assassinar guarda municipal | Foto: Brigada Militar / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Em operação conjunta da Polícia Civil e da Brigada Militar deflagrada na manhã desta sexta-feira, foram presos três homens suspeitos de envolvimento no assassinato de um guarda municipal de Estância Velha. O trio foi detido no bairro Agual em Tramandaí, no Litoral Norte. 

Um quarto suspeito segue foragido. Um dos presos teria admitido o homicídio e relatado que Arlindo Berft, 51 anos, foi morto porque era guarda municipal. Com o trio, a polícia apreendeu um Celta que teria sido furtado um dia após o crime. Testemunhas devem ser convocadas para fazer o reconhecimento. 

A ofensiva – coordenada pelos titulares da Delegacia de Polícia de Tramandaí, delegado Paulo Perez, e da Delegacia de Cidreira, delegado Alexandre Souza – contou com a participação de 30 policiais. 

O guarda municipal foi morto na noite de terça com quatro tiros na cabeça. Ele foi rendido por três criminosos armados, junto com a mulher e dois familiares, dentro de casa. Ao revistarem a residêmncia, o trio encontrou a farda e o revólver calibre 38 usados pela vítima no trabalho. A descoberta acabou sendo a sentença de morte de Berft, que foi executado. Os tiros atingiram ainda o braço da mulher do guarda municipal e, de raspão, a cabeça de um cunhado dele.

Bookmark and Share