Correio do Povo

Porto Alegre, 29 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
10ºC
Amanhã
13º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

12/04/2014 16:47 - Atualizado em 12/04/2014 17:09

Violência eclode na Ucrânia entre manifestantes pró-Rússia e polícia

Cidades de Kramatorsk e Krasny Liman foram palcos do confronto

Polícia combatia manifestantes nas cidades de Kramatorsk e Krasny Liman neste sábado<br /><b>Crédito: </b> Max Vetrov / AFP / CP
Polícia combatia manifestantes nas cidades de Kramatorsk e Krasny Liman neste sábado
Crédito: Max Vetrov / AFP / CP
Polícia combatia manifestantes nas cidades de Kramatorsk e Krasny Liman neste sábado
Crédito: Max Vetrov / AFP / CP

O presidente em exercício da Ucrânia convocou uma reunião de emergência com as principais autoridades de segurança do país na capital, Kiev, enquanto a polícia entrava em confronto com manifestantes em diversos locais do Leste ucraniano.

Cerca de 20 homens armados e vestidos como militares tomaram um posto policial neste sábado em Slavyansk, uma pequena cidade ucraniana que ainda não havia sido tomada por manifestantes favoráveis à Rússia. O ministro de Interior da Ucrânia, Arsen Avakov, afirmou neste sábado que a polícia também combatia manifestantes nas cidades de Kramatorsk e Krasny Liman. Segundo ele, algumas das armas usadas nos ataques eram de uso exclusivo do Exército russo.

A porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Jen Psaki, escreveu em sua conta do Twitter: "Violência preocupante no leste da Ucrânia hoje. A Rússia novamente parece estar por trás disso". Já o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, negou hoje que o país tenha tido qualquer participação nos confrontos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.