Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 12/04/2014
  • 17:49
  • Atualização: 19:29

Temporal mata homem em Erebango

Vítima buscava proteção, quando casa desabou no bairro Esperança

  • Comentários
  • José Ody / Correio do Povo

A chuva e os fortes ventos que atingiram o Norte gaúcho na tarde deste sábado provocaram uma morte. No município de Erebango, no Alto Uruguai, Jean Carlos Marinho, de 25 anos, estava em casa com a esposa e um filho do casal no bairro Esperança, quando a residência veio abaixo com a força do vento.

Marinho foi levado primeiramente para o Hospital São Roque, em Getúlio Vargas. Diante da gravidade dos ferimentos sofridos, Jean foi transferido ao longo da manhã para o Hospital Santa Terezinha, em Erechim, onde foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). No início da tarde, Marinho faleceu.

O hospital informou que o homem deu entrada apresentando um quadro de edema pulmonar e múltiplas fraturas em várias partes do corpo. Somente a autópsia poderá definir a causa precisa da morte. A esposa de Jean também sofreu vários ferimentos ao proteger o filho do casal de apenas dois anos. A criança saiu ilesa. A esposa de Jean foi atendida no Hospital São Roque e liberada para acompanhar o marido transferido para Erechim. O velório de Marinho, que trabalhava como quebrador de erva-mate, será na capela existente na área urbana de Erebango e o sepultamento na mesma cidade neste domingo.

No início da noite permaneciam internados em Getúlio Vargas, uma senhora de 80 anos e a filha, que residiam a quilômetro do bairro Esperança. A casa da idosa também desabou. Ambas, porém, estão em estado estável segundo informou a prefeitura. A Defesa Civil informou que entre 250 a 300 casas foram atingidas em Erebango. Seis pessoas foram atendidas em hospitais da região, por causa do vendaval.

O município de Erebango, que completou 26 anos nessa sexta-feira, tinha uma Exposição Feira Agrícola marcada para este domingo, mas o evento foi adiado para outra data. Erebango tem 3 mil habitantes e fica entre Getúlio Vargas e Erechim. O coordenador da Defesa Civil de Passo Fundo, capitão Nei Câmara, disse que, além de Erebango, Tapejara foi uma das cidades mais atingidas em razão da chuva.

Bookmark and Share


TAGS » Temporal, Morte, Geral