Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 14/04/2014
  • 10:10
  • Atualização: 10:16

Anvisa proíbe venda de lote de suplemento proteico

Lote do Whey Protein Optimazer apresentou maior porcentagem de carboidratos do que indicado no rótulo

  • Comentários
  • Agência Brasil

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União, proíbe a distribuição e a comercialização, em todo o território nacional, do lote L29 do produto Suplemento Proteico para Atletas sabor Morango e Banana, marca Whey Protein Optimazer - Cyberform, data de validade: 12/08/2015, fabricado por JSE Alimentos Ltda.

De acordo com o texto, laudo emitido pelo Instituto Adolfo Lutz apresentou resultado insatisfatório para o ensaio de carboidratos por ter sido detectada quantidade superior, em mais de 20%, ao valor declarado no rótulo do produto.

Segundo a Anvisa, o laudo também apresentou resultado insatisfatório para o ensaio pesquisa de elementos histológicos, uma vez que foi detectada a presença de fécula de Manihout utilissima (mandioca) na composição do produto. O item não é declarado na lista de ingredientes. A resolução entra em vigor hoje. 


Bookmark and Share


TAGS » Saúde, Anvisa, Geral