Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
12º 28º


Faça sua Busca


Notícias > Geral > Transporte Público

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

14/04/2014 13:52 - Atualizado em 14/04/2014 13:53

Bloco de Luta já recolheu 7 mil assinaturas pela municipalização do transporte na Capital

Manifestantes precisam de 53 mil assinaturas para terem projeto apreciado na Câmara de Vereadores

O Bloco de Luta já contabiliza entre 7 e 8 mil assinaturas da população de Porto Alegre em apoio ao projeto de lei proposto pelo grupo para municipalizar o transporte público na cidade. Para obrigar os vereadores a votarem o projeto, os manifestantes precisam colher ao menos 53 mil assinaturas. Para divulgar o projeto de lei e para pressionar pela redução da passagem, dezenas de integrantes do Bloco de Luta permanecem acampados há 6 dias em frente à prefeitura da Capital. Com lonas, barracas e cozinha improvisada, o grupo promete só deixar o local quando cair o preço da passagem.

Um dos manifestantes, que prefere ser identificado somente como Vicente, destaca que o acampamento e a busca por assinaturas ajuda o Bloco a entrar em contato com a população e explicar o projeto.

“Muitas pessoas vêm pra cá já com intuito de assinar. A aceitação tá sendo muito boa. Tá todo mundo indignado com a situação do transporte público. O Bloco fez a leitura de que um dos caminhos para tornar o transporte um direito de fato e não uma mercadoria seria a municipalização, tendo o controle dos trabalhadores e dos usuários. O próprio processo de coleta das assinaturas é bom porque a gente já estabelece o diálogo com a população que muitas vezes só tem informações de nós através dos grandes meios de comunicação”, apontou o manifestante.

Bookmark and Share


Fonte: Gabriel Jacobsen / Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.