Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
14º 24º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

16/04/2014 13:50 - Atualizado em 16/04/2014 14:02

Metade do cabeamento subterrâneo de luz da BR 448 foi roubado

No total, 12 quilômetros da Rodovia do Parque estão mal iluminados

Foto de 15 de janeiro mostra a falta de iluminação na rodovia <br /><b>Crédito: </b> RICARDO GIUSTI
Foto de 15 de janeiro mostra a falta de iluminação na rodovia
Crédito: RICARDO GIUSTI
Foto de 15 de janeiro mostra a falta de iluminação na rodovia
Crédito: RICARDO GIUSTI

Construída para ser uma alternativa aos constantes congestionamentos na BR 116, a Rodovia do Parque, enfrenta o problema de falta de luz em função do furto de cabos subterrâneos da via. Dos 22 quilômetros da extensão da rodovia, também chamada de BR 448, 12 quilômetros estão mal iluminados, o que prejudica a segurança dos motoristas que circulam na estrada. Desde a sua conclusão, em dezembro do ano passado, a Rodovia do Parque, já teve cerca de 50% do cabeamento subterrâneo furtados.

Um levantamento realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no começo de abril apontou a falta de luz nos seguintes quilômetros:

• 0 ao 1 (em Sapucaia do Sul)
• 3,5 ao 4 (entre Esteio e Canoas)
• 8 ao 9 (Canoas)
• 10 ao 15 (Canoas)
• 16 ao 20 (Canoas)
• 21,5 ao 22 (sobre a ponte estaiada, em Porto Alegre)

Segundo o inspetor Alessandro Castro, chefe da Comunicação Social da PRF, foram registrados apedrejamentos de veículos durante a noite nos locais mais escuros da rodovia. Apesar disso, nenhuma ocorrência de assalto, foi denunciada. Castro afirma que o policiamento do local é feito por uma viatura que percorre toda a extensão e, nos horários de pico, passa também pela BR 116 para auxiliar no patrulhamento do local.

Furtos
Nas primeiras semanas, após a inauguração da ponte, começaram a ocorrer furtos de cabos que deixaram a rodovia mal iluminada. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) afirma que já solicitou à empresa que executou a iluminação da BR 448 um novo projeto para substituir o cabeamento de energia da rodovia, que hoje é subterrâneo, para via aérea. A expectativa da autarquia é de que o documento seja entregue ainda nesta semana.

Segundo o departamento, a data da licitação para instalação de novos cabos de energia depende da entrega do projeto e da análise dos técnicos do Dnit. O departamento esclarece ainda que a falta de energia na Rodovia do Parque ocorre em função dos constantes furtos dos cabos subterrâneos de energia. O Dnit espera que, assim que o cabeamento aéreo for instalado, as prefeituras assumam a conservação do material. 

Acidentes
Desde a sua inauguração em dezembro do ano passado, a Rodovia do Parque no trecho que liga a ponte estaiada à BR 290, a freeway, ocorreram três mortes, incluindo um atropelamento, à noite, de um motorista que havia descido do automóvel para checar uma pane no motor e foi arremessado de uma altura de 15 metros. A iluminação da rodovia foi realizada pela empresa Mercúrio.

Bookmark and Share

Fonte: Cláudio Isaías / Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.