Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
12º 28º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

17/04/2014 15:04 - Atualizado em 17/04/2014 15:10

Incêndio de Valparaíso é contido, mas não está controlado

Governo chileno promete reconstrução simultânea de áreas atingidas por terremoto e incêndio

Governo promete reconstrução simultânea de áreas atingidas por terremoto e incêndio<br /><b>Crédito: </b> Martin Bernetti / AFP / CP
Governo promete reconstrução simultânea de áreas atingidas por terremoto e incêndio
Crédito: Martin Bernetti / AFP / CP
Governo promete reconstrução simultânea de áreas atingidas por terremoto e incêndio
Crédito: Martin Bernetti / AFP / CP

O incêndio de Valparaíso, que deixou 15 mortos e 12.500 desabrigados, estpa contido, mas ainda existem focos que deverão ser controlados nos próximos dias, informou a Corporação Nacional Florestal (Conaf) chilena. Doze brigadas, mais 16 helicópteros e 11 aviões continuam atuando no local.

O ministro do Interior, Rodrigo Peñailillo, afirmou que a área consumida tem uma extensão de mais de mil hetares. O incêndio começou numa zona florestal na tarde de sábado por causas que ainda estão sendo investigadas.

O governo da presidente Michelle Bachelet promete iniciar simultaneamente a reconstrução do norte do Chile, atingido por um terremoto há duas semanas, e das colinas afetadas pelo incêndio em Valparaíso. "Sabemos que é um teste enorme para as famílias afetadas, mas podem estar certos de que estamos disponibilizando todos os recursos para lidar com essa tragédia, para começar a realocação das famílias e a segunda fase de reconstrução", declarou Bachelet na segunda-feira.


Bookmark and Share


Fonte: AE






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.