Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 18/04/2014
  • 21:51
  • Atualização: 21:57

Energia fornecida pela AES Sul sobe cerca de 30%

Reajuste atinge 1,3 mil consumidores em 118 cidades gaúchas

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

A partir da meia-noite deste sábado, cerca de 1,3 milhão de clientes da AES Sul, em 118 municípios do Rio Grande do Sul, terão de consumir menos em energia elétrica se quiserem manter as contas de luz dentro do que o orçamento permite. Para o cliente residencial, o custo sobe 28,86%, com reflexo na tarifa de maio. Na quarta-feira, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou um reajuste médio de 29,54% nos valores da concessionária. Para os clientes de alta tensão, como a indústria e o comércio, a elevação chega a 30,29%. O aumento é o maior já aplicado pela empresa e entre as 14 concessionárias que tiveram reajuste em 2014.

O diretor-geral da AES Sul, Antonio Carlos de Oliveira, explicou na quarta-feira que o custo da compra de energia térmica, equivalente a 33% do total, foi o fator mais importante no cálculo do percentual. Nos últimos meses, a AES Sul aumentou o uso dessa energia, em função da estiagem, que reduziu o volume de água nos reservatórios das usinas hidreléticas, cuja energia produzida é mais barata. Oliveira ressaltou, ainda, que benefícios do governo federal diminuíram o impacto do reajuste, que tinha potencial para ser ainda maior.

Bookmark and Share