Correio do Povo

Porto Alegre, 28 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
11ºC
Amanhã
13º 25º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

19/04/2014 19:44 - Atualizado em 19/04/2014 21:21

Bombeiro vê com cautela emenda de desvinculação com BM já em 2015

Deputado protocolou alteração na proposta original e já ganhou apoio de 22 parlamentares na AL

A Associação dos Bombeiros do Estado do Rio Grande do Sul (Abergs) examina com cautela uma emenda parlamentar que quer antecipar, em um ano, a desvinculação da categoria da Brigada Militar. O entendimento do coordenador adjunto da entidade, Florisbelo Dutra, defende que o mais importante é a certeza de uma emancipação concreta e viável. "No momento, não estamos preocupados se a separação vai acontecer agora ou paulatinamente. A emenda é viável, assim como a proposta do Executivo, o que queremos é evitar brigas políticas entre a oposição e o governo que possam atrasar essa reivindicação histórica", ponderou.

De autoria do deputado do PSDB Pedro Pereira, a emenda antecipando para julho de 2015 a separação dos bombeiros da Brigada Militar já ganhou a adesão de outros 22 parlamentares. Pela proposta original do Palácio Piratini, a separação ocorre somente a partir de julho de 2016.

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Valdeci Oliveira, vê reflexos negativos na antecipação. "O problema é que a proposta original já previu todas as dificuldades deste processo, por isso, se levou em consideração um tempo necessário para esse desmembramento. Precisamos levar em conta mudanças em aspectos administrativos, financeiros e orçamentários, entre outros itens, que historicamente foram de responsabilidade exclusiva do comando da BM", frisou Valdeci.

O projeto de emancipação dos Bombeiros da Brigada Militar foi enviado pelo Executivo no mês passado ao Parlamento. Agora, a proposta tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que também vai analisar a emenda. A tendência é de que o relator Diógenes Basegio (PDT) dê parecer favorável a que a desvinculação ocorra já em 2015. Só depois, é que a matéria vai a plenário.

Bookmark and Share

Fonte: Voltaire Porto / Rádio Guaíba





» Tags:

O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.