Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 20/04/2014
  • 10:45
  • Atualização: 11:04

Ataque de drone mata cinco supostos membros da Al-Qaeda no Iêmen

Presidente iemenita defendeu o uso dos drones, mesmo com a morte de civis

  • Comentários
  • AFP

Pelo menos cinco supostos membros da Al-Qaeda morreram neste domingo em um novo ataque de avião teleguiado (drone) no sul do Iêmen, informaram líderes tribais. Dez supostos membros da Al-Qaeda e três civis morreram no sábado em um ataque similar na província de Baida, centro do Iêmen. 

O governo dos Estados Unidos é o único que dispõe de drones na região. Os aparelhos foram muito utilizados no ano passado para ajudar as autoridades iemenitas na luta contra a Al-Qaeda e mataram dezenas de suspeitos de ligação com a rede extremista, mas também civis. 

Em março, o presidente iemenita Abd Rabo Mansur Hadi defendeu o uso dos drones. "Somos obrigados a recorrer aos drones para limitar as atividades da Al-Qaeda e as movimentações de seus integrantes", disse. Hadi reconheceu "erros limitados" no uso dos aparelhos, mas afirmou que o número de vítimas era maior com o uso da aviação iemenita contra a Al-Qaeda. 

A Al-Qaeda na Península Arábica (AQPA), considerada por Washington o braço mais perigoso da rede, é muito ativa no Iêmen.

Bookmark and Share


TAGS » Ataque, Al-Qaeda, Iêmen