Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 20/04/2014
  • 10:52
  • Atualização: 11:01

Centenas participam de missa em memória de Bernardo

Abalada, avó de menino não foi à cerimônia na Basílica da Medianeira em Santa Maria

Família do advogado (à esquerda) e parentes da avó Jussara (à direita) assistiram à missa | Foto: João Vilnei / Especial / CP

Família do advogado (à esquerda) e parentes da avó Jussara (à direita) assistiram à missa | Foto: João Vilnei / Especial / CP

  • Comentários
  • Renato Oliveira / Correio do Povo

Cerca de 800 pessoas participaram da missa em memória do menino Bernardo na manhã deste domingo em Santa Maria, na região central do Estado. A avó materna de Bernardo, Jussara Uglione, não compareceu à cerimônia marcada para às 10h na Basília Nossa Senhora da Medianeira. Ela foi representada pela sobrinha Fátima Uglione, o marido dela, Roberto Maia, e a filha do casal, Tuane Uglione Maia. Segundo a família, Jussara está muito abalada com a morte do neto e ficou em casa por orientação médica.

• Leia mais notícias sobre o caso Bernardo

O advogado de Jussara, Marlon Adriano Taborda, esteve na missa, que foi celebrada pelo padre Rubens Natal Dotto. A partir de terça-feira, ele vai entregar documentos à Justiça sobre os processos movidos em 2010 e 2011contra o médico Leandro Boldrini, que não permitia à avó conviver com o neto.

O defensor também deve solicitar uma avaliação psiquiátrica dos suspeitos, para investigar quem está mentindo. Taborda relatou que foi o único que viu o corpo de Bernardo e, havia sobre um dos braços um líquido, que pode ter sido usado para acelerar a decomposição do corpo.

Taborda também vai investigar o patrimônio do médico Leandro Boldrini que, segundo ele, seria bem acima da média da sociedade brasileira.

Bookmark and Share