Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 21/04/2014
  • 17:29
  • Atualização: 21:18

Capital: motivo do crime na zona Sul deve ter sido acerto entre traficantes

Vítima teve as mãos e pés amarrados

  • Comentários
  • Wagner Machado / Rádio Guaíba

A Polícia Civil segue buscando identificar o homem que teve os pés e as mãos amarrados e foi encontrado com um cinto em uma das árvores da praça Professora Olga Gutierrez, na zona Sul de Porto Alegre. De acordo com o titular da 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Gabriel Bicca, a vítima também foi baleada na cabeça. O caso, registrado nesta manhã, assustou os moradores do bairro Santa Teresa.

“Ainda não sabemos as motivações do crime, nem quem é o morto, mas de forma preliminar, suspeitamos que haja relação com o tráfico de drogas. A Polícia só foi chamada para averiguar o caso cerca de quatro horas depois do óbito e isso complica um pouco mais a elucidação do caso”, sustenta.

Bicca descartou associar a morte com um possível linchamento, a exemplo do que ocorreu com criminosos em outros estados. Segundo o delegado, a localização do corpo, em uma zona conhecida pelo tráfico de drogas, enfraquece a possibilidade de “justiça com as próprias mãos”.

Ele presume que a morte, com requintes de crueldade, possa ter sido fruto de um acerto de conta entre traficantes. Ainda assim, sem suspeitos e testemunhas, o delegado fala que qualquer avaliação é preliminar. A vitima era branca e possuía uma tatuagem na perna direita com a frase “Bela, te amo”. No ombro, ele tinha a palavra ”Jesus”.

Bookmark and Share