Porto Alegre, quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

  • 22/04/2014
  • 16:35
  • Atualização: 16:43

Aneel aprova alta nas tarifas de luz nas cooperativas do Rio Grande do Sul

Aumento na Cooperativa Regional de Energia Taquari Jacuí varia de 15,89% a 31,84%

  • Comentários
  • AE

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira reajustes tarifários anuais nas cooperativas de eletrificação do Rio Grande do Sul e Sergipe. No RS, a Cooperativa Regional de Energia Taquari Jacuí (Certaja), teve aumento médio para os consumidores de baixa tensão (residências) de 15,89% e para os de alta tensão (indústrias) de 31,84%. As novas tarifas passam a valer a partir de 26 de abril.

A Aneel explicou que no cálculo dos índices de reajuste entram a variação de custos que a empresa teve no decorrer do período de referência. O índice inclui, entre outros fatores, a inflação medida pelo Índice Geral de Preço do Mercado (IGP-M) e outros custos, como a energia comprada de geradoras, encargos de transmissão e encargos setoriais.

Os índices homologados pela Aneel são os limites máximos a serem praticados pelas cooperativas. Os reajustes dessas distribuidoras pequenas seguem a sequência de aumentos de dois dígitos nas contas de luz que a Aneel tem concedido às grandes empresas do setor.

No Sergipe, os reajustes aprovados foram mais elevados que no Rio Grande do Sul. A Cooperativa de Eletrificação Rural e Desenvolvimento Rural Centro Sul de Sergipe (Cercos) recebeu aumento de 35,33% na baixa tensão e de 35,28% para os de alta tensão. As novas tarifas da Cercos passam a vigorar em 29 de abril.

Bookmark and Share