Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 24/04/2014
  • 09:56
  • Atualização: 10:15

Maioria dos gaúchos dará roupa no Dia das Mães, aponta Fecomércio

Pesquisa revelou que gasto médio vai superar R$ 120 e compras serão pagas à vista

  • Comentários
  • Correio do Povo

A maioria dos gaúchos pretende comprar roupa para presentear as mães no dia delas. É o que revela a pesquisa de Dia das Mães elaborada pela Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS) e divulgada nesta quinta-feira. Artigos de vestuário tem 48,1% da preferência, seguido de perfumes e cosméticos, com 18,4% e calçados, com 15,7%.

Os gaúchos pretendem adquirir 1,2 presentes na data, com preço médio de R$ 121,38. Os homens devem desembolsar mais para presentear neste ano: R$ 129,88, enquanto as mulheres, R$ 114,58. A intenção de gastos neste ano é superior ao de 2013. O percentual de pessoas que planeja desembolsar o mesmo valor do ano passado é de 51,5%, porém, há um índice de 17,9% de entrevistados que admitiram a intenção de gastar mais e 4,6% afirmaram que gastariam muito mais pelos presentes.

Cerca de 83,4% dos consumidores planeja pagar suas compras à vista; dentre os que pretendem parcelar, 71,0% dividirão suas compras em até 3 parcelas. As lojas do centro da cidade serão o local preferido para realizar as compras de Dia de Mães, sendo a preferência de 68,9% dos consumidores gaúchos, seguido de shopping centers, com participação de 21,1%. A procura por lojas de bairro está estimada em 7,9% e centros comerciais 4,2%, ficando com os menos citados pelos gaúchos.

A pesquisa, realizada junto a 385 entrevistados em cinco macrorregiões do Estado, apurou ainda que 59,2% dos entrevistados têm a intenção de participar ou realizar evento especial em comemoração ao Dia das Mães em 2014: 85,1% devem participar de almoço ou jantar em casa, enquanto 12,3% planejam ir a bares e/ou restaurantes.

A expectativa da Fecomércio-RS é de que a data apresente um crescimento nas vendas entre 4,5% e 5% em relação ao ocorrido no ano passado. Para o segmento de vestuário, líder na pesquisa, está sendo estimado um incremento de 6% nas vendas. De acordo com o presidente do Sistema Fecomércio-RS, Zildo De Marchi, a perspectiva positiva anima os comerciantes. “O dia das mães é considerado a segunda melhor data para o varejo, perdendo somente para o Natal. O dia das mães tem sido caracterizado por um ticket médio mais elevado e por uma forte adesão dos consumidores”, comenta.


Bookmark and Share