Correio do Povo

Porto Alegre, 2 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
13ºC
Amanhã
16º 20º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

25/04/2014 09:29 - Atualizado em 25/04/2014 09:57

William e Kate concluem viagem pela Austrália

Duque e duquesa de Cambridge participaram de celebração da batalha de Gallipoli

William e Kate concluem giro por Austrália com homenagem a soldados mortos<br /><b>Crédito: </b> Saeed Khan / AFP / CP
William e Kate concluem giro por Austrália com homenagem a soldados mortos
Crédito: Saeed Khan / AFP / CP
William e Kate concluem giro por Austrália com homenagem a soldados mortos
Crédito: Saeed Khan / AFP / CP

O príncipe William e sua esposa Kate encerraram nesta sexta-feira seu giro por Austrália e Nova Zelândia, que atraiu multidões nos dois países, depois de uma visita surpresa a uma cerimônia aos soldados mortos destas duas nações.

O duque e a duquesa de Cambridge são muito populares na Austrália - onde a avó de William, a rainha Elizabeth II da Inglaterra, é chefe de Estado -, e as multidões apresentaram buquês de flores e presentes, incluindo muitos para seu bebê George, de nove meses, que também os acompanhou em sua viagem à Nova Zelândia.

Em seu último dia na Austrália, William e Kate se uniram às milhares de pessoas que celebraram o chamado "Anzac Day" (Australian and New Zealand Corps), quase um século depois da batalha de Gallipoli de 25 de abril de 1915, na qual pela primeira vez combateram juntos os exércitos destes dois países, somando-se de maneira corajosa aos aliados da Primeira Guerra Mundial, entre eles a Grã-Bretanha.

"Digo que para nós é uma grande honra que compareçam a esta cerimônia", declarou aos duques de Cambridge o diretor do Australian War Memorial, Brendan Nelson.

O primeiro-ministro australiano falou na cerimônia, por sua vez, da relação entre o Reino Unido e sua antiga colônia Austrália. "Há tempos deixamos de considerar a Grã-Bretanha como uma pátria-mãe, mas continuamos sendo uma família", afirmou. "Sua presença, Senhor, nos lembra de todos os nossos camaradas de armas. Estes são vínculos que nos unem e que não podemos esquecer", acrescentou.

Mais de 10 mil australianos e neozelandeses perderam a vida nesta batalha. A visita do casal real e do bebê George a estes dois países da Commonwealth (integrada, no total, por 53 países que formaram parte do antigo império britânico) durou três semanas.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.