Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
20º 32º


Faça sua Busca


Notícias > Polícia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

25/04/2014 18:41 - Atualizado em 25/04/2014 23:14

De cada três homicídios em Porto Alegre, um ocorre em Territórios de Paz

Coordenador garante que não há toque de recolher, mas admite conflito armado entre traficantes

Os quatro Territórios de Paz - nos bairros Santa Teresa, Rubem Berta, Lomba do Pinheiro e Restinga - criados para reduzir a criminalidade nos pontos mais violentos de Porto Alegre registraram, em 2012 e 2013 -, um em cada três assassinatos ocorridos na Capital, o que dá 33,3%. Antes da implantação do projeto, em 2011, nos mesmos locais ocorriam 42% dos homicídios.

Um suposto toque de recolher que assustou moradores da zona Sul de Porto Alegre nesta semana. O coordenador dos Territórios da Paz no Estado, Robério Garay Correa, admite que a região de conflito é parte do projeto implantado no Morro Santa Teresa. Correa garante, no entanto, que não houve determinação partindo de criminosos para que escolas e postos de saúde fechem.

Na avaliação do coordenador, a disputa por pontos de tráfico de drogas deixa a população com medo. Segundo ele, a briga corre porque a polícia está prendendo traficantes e outros querem assumir o comando.

Na tarde desta sexta-feira, as unidades de saúde e escolas operaram com normalidade, de acordo com a Prefeitura da Capital e o Piratini. Durante a manhã, a reportagem do Correio do Povo constatou poucas pessoas circulando nas ruas. O comandante do Território de Paz Santa Tereza, major José Carlos Pacheco, do 1º BPM, informou que 90 policiais atuam no local.

Bookmark and Share

Fonte: Samuel Vettori / Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.