Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 25/04/2014
  • 19:22

EPTC permite uso de bermuda, mas mantém prazo para uniforme de taxistas

A partir de 1º de maio, condutores devem utilizar vestimenta padrão

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) reafirmou a necessidade da utilização de vestimenta padrão e a liberação do uso de bermuda para condutores de táxis da Capital. A posição foi mantida junto aos taxistas não vinculados a sindicatos da categoria. O encontro ocorreu no inicio da tarde desta sexta-feira, um dia depois que cerca de 40 taxistas bloquearam o tráfico nas avenidas Ipiranga e Erico Verissimo, contestando a norma. Para as mulheres, porém, segue proibido o uso de saia.

Segundo a Nova Lei dos Táxis, a partir do dia 1º de maio, todos os taxistas da Capital devem utilizar vestimenta padrão durante o horário de trabalho. A medida foi determinada via Resolução com o objetivo de criar uma identidade visual para a categoria.

Os taxistas devem utilizar vestimenta composta por camisa social (manga curta ou longa) ou camisa pólo na cor azul e calça social, jeans ou bermuda em cores escuras. As peças devem ser lisas, sem estampas, manchas ou descolorações. Não é permitido o uso de chapéus ou bonés. O taxista pode optar, ainda, entre calçados fechados e sandálias. Em Porto Alegre, segundo a EPTC, mais de 10 mil profissionais conduzem os 3.920 táxis da cidade.

Mais uma reunião com a categoria está marcada para a segunda-feira.

Bookmark and Share