Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 25/04/2014
  • 20:40
  • Atualização: 20:49

Mulher que matou marido no Rio Grande do Norte é presa no Salgado Filho

Foragida tinha viagem marcada para a Suíça, onde reside desde o crime, em 1997

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

A Polícia Federal (PF) do Rio Grande do Sul prendeu, nesta sexta-feira no Aeroporto Internacional Salgado Filho, uma foragida de 39 anos, moradora do Rio Grande do Norte, que tinha planos de fugir para a Suíça. De acordo com a corporação, ela foi condenada a 16 anos de prisão por envolvimento na morte do marido em 1997, o americano Moris Clinton Henson, que vivia em Natal.

Com identidade e passaportes falsos, a potiguar também é condenada por falsidade ideológica. Ela foi presa no momento que fazia o check-in, na zona Norte de Porto Alegre. A foragida tinha viagem marcada para Zurique (Suíça), onde reside desde 2005.

A PF informou que o crime foi tramado por ela e o amante. O corpo do americano só foi encontrado uma semana depois do desaparecimento. Durante esse período, a condenada dizia que o marido havia deixado definitivamente o país, razão pela qual não havia formalizado nenhum registro policial sobre o “sumiço”.

Os indícios que levaram à prisão foram repassadas à PF do Rio Grande do Sul pelo Núcleo de Inteligência da corporação no Rio Grande do Norte. A condenada permanece sob custódia, em Porto Alegre, onde fica à disposição da justiça.


Bookmark and Share