Correio do Povo

Porto Alegre, 28 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
8ºC
Amanhã
23º


Faça sua Busca


Notícias > Internacional

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/04/2014 12:31 - Atualizado em 26/04/2014 12:38

Helicóptero cai e mata cinco soldados no Afeganistão

Aeronave que se acidentou era britânica

Um helicóptero caiu na manhã deste sábado  no Afeganistão e causou a morte de cinco soldados da Força Internacional da Otan (Isaf). A aeronave  era britânica, anunciou em Londres o ministério da Defesa. Em um comunicado, o ministério limitou-se a confirmar que "um helicóptero britânico caiu hoje no sul do Afeganistão", sem identificar as vítimas ou suas nacionalidades, já que o incidente está sendo investigado e "seus familiares devem ser notificados" antes.

A Isaf indicou, por sua vez, que estão sendo estudadas as circunstâncias do acidente, sem informar se a aeronave caiu devido a um problema técnico ou em combate contra os insurgentes talibãs. Embora os acidentes de helicóptero sejam relativamente frequentes no Afeganistão, é raríssimo que os talibãs consigam derrubar estas aeronaves.

As tropas da Otan terminaram em junho passado de transferir a segurança do país às forças afegãs, e se encarregam apenas de missões de formação e apoio, sobretudo aéreo. Os soldados da coalizão deixarão o Afeganistão antes do fim do ano, uma retirada que aumenta os temores de uma nova espiral de violência em um país onde os talibãs seguem fortalecidos, apesar de doze anos de presença militar ocidental.

No total, 3.431 membros da Isaf morreram desde o início da intervenção militar no Afeganistão, lançada no fim de 2001, segundo o site independente icasualties.org.

Bookmark and Share


Fonte: AFP






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.