Porto Alegre, domingo, 21 de Dezembro de 2014

  • 27/04/2014
  • 11:10
  • Atualização: 11:29

Síria tem mais quatro candidatos em eleições presidenciais

Eleição é chamada pela oposição no exílio e pelos países ocidentais de "paródia da democracia"

  • Comentários
  • AFP

O Parlamento sírio anunciou neste domingo quatro novos candidatos, entre eles uma mulher, para a eleição presidencial prevista para o dia 3 de junho. A eleição é chamada pela oposição no exílio e pelos países ocidentais de "paródia da democracia".

Em sessão transmitida ao vivo, o presidente do Parlamento, Mohammad al-Lahham, anunciou as candidaturas da senhora Sawsan Haddad, assim como de Samir Maala, Mohammad Firas Rajjouh e Abdel-Salam Salamé. O presidente Bashar al-Assad, cuja família está no poder na Síria há mais de 40 anos, ainda não apresentou sua candidatura para estas eleições. Os candidatos à presidência agora são seis.

As eleições serão organizadas nas zonas controladas pelo regime, em um país devastado por uma guerra que deixou mais de 150.000 mortos em três anos e deslocou mais de nove milhões de sírios.

Haddad nasceu em 1963, Samir Maala em 1961, Mohammad Firas Rajjouh em 1966 e Abdel-Salam Salamé em 1971. Anteriormente, Hassan Abdallah al-Nouri, da oposição tolerada pelo regime, e o deputado Maher al-Hajjar, já haviam se candidatado ao cargo.

Bookmark and Share