Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 28/04/2014
  • 12:07
  • Atualização: 12:30

Ouvidor da AL se reunirá com prefeito e presidente da Câmara de Três Passos

Deputado Marlon Santos inicia investigação paralela sobre morte do menino Bernardo

Deputado Marlon Santos inicia investigação paralela sobre morte do menino Bernardo | Foto: Marco Couto / Agência ALRS / CP

Deputado Marlon Santos inicia investigação paralela sobre morte do menino Bernardo | Foto: Marco Couto / Agência ALRS / CP

  • Comentários
  • Fernanda Pugliero / Correio do Povo

A Assembleia Legislativa (AL) inicia nesta segunda-feira uma investigação paralela sobre o caso da morte de Bernardo Boldrini. O ouvidor da AL, deputado Marlon Santos (PDT), foi a Três Passos nessa manhã para conversar durante almoço com o prefeito do município, Cleri Camilotti (PMDB), e o presidente da Câmara dos Vereadores da cidade, Ido Rhoden (PTB). No entanto, o teor da conversa não foi revelado. O deputado revelou apenas que está “indo investigar as condições que o processo esta estabelecido e quem esta fazendo isso”.

• Ouvidoria-Geral da AL quer apurar responsabilidades no caso Bernardo

Além disso, a partir das 14h, Santos ouvirá quatro pessoas da população. “Vamos ouvir pessoas da cidade fora do ambiente da câmara para não haver inibições”, confirmou. Por ter imunidade parlamentar, o deputado diz não temer qualquer tipo de repressão judicial ao tentar esclarecer as condições da investigação do caso. “Em razão da imunidade eu não tenho medo de ser processado por ninguém e tenho o poder, inclusive, de qualificar provas”, completou.

Bookmark and Share