Porto Alegre, domingo, 21 de Dezembro de 2014

  • 30/04/2014
  • 00:17
  • Atualização: 00:26

Polícia pede ajuda de moradores para identificar agressor de patinadora

Investigação analisa imagens de câmeras de segurança e busca depoimentos sobre tentativa de estupro

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

A Polícia Civil pediu a moradores de Eldorado do Sul, na Região Metropolitana, que ajudem, com relatos e imagens, a esclarecer o caso da tentativa de estupro a uma patinadora americana do espetáculo infantil Disney On Ice, ocorrida no fim de semana. O ataque ocorreu depois que a artista saiu de uma festa na avenida Independência, perto do cruzamento com a rua João Telles, na Capital, na madrugada de sexta-feira. Em depoimento à Polícia, ela relatou ter pego um táxi e que, em vez de ser levada para o hotel, foi parar em Eldorado do Sul, onde conseguiu reagir à tentativa de abuso e pedir auxílio a um vigilante. O suposto taxista fugiu e é procurado pela Polícia.

O delegado Alencar Carraro, que assumiu o caso, solicitou que pessoas que possam ter câmeras particulares nesse entorno ou presenciado a saída da patinadora da casa noturna, ajudem com informações ligando para o telefone 3481-3444. A situação teria decorrido por volta da 3h45min da madrugada.

Nesta quarta-feira, o policial receberá dados já filtrados pela investigação dos cadastros de taxistas fornecidos pelo sindicato da categoria em Porto Alegre (Sintáxi), incluindo fotos de cada motorista. Carraro prefere não detalhar quem vai ser investigado e sob qual critério, mas fala que ainda espera a análise de câmeras públicas entre o bairro Independência e a Estrada do Conde, onde a patinadora se desvencilhou do agressor. Até agora, as imagens da Concepa e da EPTC não foram claras o suficiente para identificar o prefixo do carro filmado e se realmente o veículo era um táxi.

Se a polícia identificar esses indícios, o profissional vai ser afastado preventivamente, de acordo com a EPTC. Se a participação for confirmada, ele ainda deve ter a licença para dirigir táxis cassada. A temporada da apresentação se encerrou no fim de semana, no Gigantinho, em Porto Alegre, e a vítima já seguiu viagem com o grupo.


Bookmark and Share