Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
11ºC
Amanhã
16º


Faça sua Busca


Notícias > Economia

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

30/04/2014 13:15 - Atualizado em 30/04/2014 13:16

Arno Augustin descarta necessidade de racionamento

Secretário do Tesouro destacou que "a avaliação é de que está tudo dentro da normalidade"

O secretário do Tesouro, Arno Augustin, disse que o governo confia na avaliação dos órgãos técnicos do setor de energia elétrica de que não há necessidade de racionamento e medidas de redução do consumo de energia. Ao ser questionado sobre esse risco, que já está na conta dos analistas do mercado financeiro, o secretário respondeu que "existem órgãos técnicos que fazem essa avaliação, o Operador Nacional do Sistema (ONS) e o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrica (CMSE). E esses órgãos têm colocado a avaliação para a sociedade e para o governo de muita tranquilidade", acrescentando que a ONS fez um desmentido oficial de matéria sobre necessidade de medidas de redução de consumo.

Segundo Augustin, "a avaliação é de que está tudo dentro da normalidade". Ele destacou que o impacto econômico de acionamento das térmicas existe e o governo tomou medidas para enfrentá-lo. "Seguimos o que os órgãos técnicos avaliam e confiamos neles", disse o secretário. Ao mesmo tempo ele destacou que essa era uma avaliação técnica e não dele. "Não é uma avaliação subjetiva. Não cabe a mim fazer essa avaliação. Eu não acho que a área econômica deva fazer", acrescentou.


Bookmark and Share


Fonte: AE






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.