Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 30/04/2014
  • 13:54
  • Atualização: 14:30

Tarso descarta volta de Lula para candidatura à Presidência

Para governador, ex-presidente tem a determinação de apoiar a reeleição de Dilma

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O governador do Estado Tarso Genro afirmou que não acredita na força do movimento “Volta Lula”, encabeçado por setores do PT mais alinhados a São Paulo, mas que ganhou força entre aliados de outros partidos, como o PMDB e o PR. “Eu acho sinceramente que não (tem chance de emplacar). O Lula tem uma determinação clara, que é apoiar a reeleição da presidente Dilma (Rousseff)”, afirmou nesta quarta em entrevista ao programa "Esfera Pública", da Rádio Guaíba.  

O pedido para a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria surgido depois da queda nas pesquisas de intenção de voto em Dilma Rousseff. Quanto a isso o governador não mostrou preocupação e justificou dando o exemplo da popularidade de Fernando Henrique Cardoso (FHC) e Lula antes da reeleição de cada um. “Essas quedas que vêm apresentando a presidente estão em uma situação superior a que o próprio Lula e o FHC estavam antes da reeleição de ambos”, justificou.

Além disso, Tarso disse que as “quedas contingentes envolvem um grande processo dos políticos da oposição, favorecidos pelos poderes midiáticos e que tem um objetivo claro, tentar aniquilar este ativo espetacular que é a Petrobras”. Segundo o governador, isso tem desgastado o governo num geral, “mas quando estivermos numa situação igual para divulgar as versões do governo, do partido e da Petrobras, graças a democracia que nós conquistamos, essa situação será totalmente revertida”, afirmou Tarso.

O Partido dos Trabalhadores pretende fazer um evento de pré-lançamento da candidatura de Dilma nos dias 2 e 3 de maio, em São Paulo, durante o encontro nacional do partido, para garantir um aval político à presidente e conter o movimento "Volta Lula".


Bookmark and Share