Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 02/05/2014
  • 20:06
  • Atualização: 21:09

Corpo de Fabiano Cardoso é sepultado em Canoas

Vítima de assalto, jornalista foi encontrado morto dentro do carro

Corpo de Fabiano Cardoso é sepultado em Canoas | Foto: Reprodução Facebook / CP

Corpo de Fabiano Cardoso é sepultado em Canoas | Foto: Reprodução Facebook / CP

  • Comentários
  • Samuel Vettori / Rádio Guaíba

O corpo do jornalista Fabiano Cardoso, de 44 anos, foi sepultado na tarde desta sexta-feira no Cemitério Parque Jardim São Vicente, em Canoas, na Região Metropolitana. Ele foi morto na noite dessa quarta, durante assalto no município. A polícia suspeita que ele tenha sido vítima de latrocínio (matar para roubar).

A suspeita é que o jornalista tenha sido abordado por dois homens a pé. Moradores encontraram a vítima baleada no interior do veículo na rua Santos Ferreira, próximo ao Hospital Nossa Senhora das Graças. Cardoso foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC), mas não resistiu.

A polícia procura câmeras de segurança que possam ter registrado o crime. O delegado Thiago Lacerda disse que a vítima acelerou o carro e tentou fugir. “Reagir é diferente. É entrar em luta corporal”, explicou. Fabiano era assessor de imprensa da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) de Porto Alegre e teve passagem pela Rádio Guaíba. O profissional deixou a mulher e dois filhos. 

Bookmark and Share