Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 05/05/2014
  • 22:36
  • Atualização: 22:47

DMLU multou 1,1 mil por descarte irregular de lixo em Porto Alegre

Primeiro mês da fiscalização teve 950 denúncias por telefone e campanhas de conscientização

Primeiro mês da fiscalização teve 950 denúncias por telefone e campanhas de conscientização | Foto: André Ávila/CP Memória

Primeiro mês da fiscalização teve 950 denúncias por telefone e campanhas de conscientização | Foto: André Ávila/CP Memória

  • Comentários
  • Rádio Guaíba

O primeiro mês de fiscalização com multas para o descarte irregular de lixo em Porto Alegre registrou 1,1 mil autuações. Embora o dado oficial só saia nesta terça, o diretor do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), André Carús, festejou o resultado. Ele lembrou, também, que em 30 dias foram recebidas cerca de 950 denúncias pelo telefone 156 ou pelo site da Prefeitura. A multa vai de R$ 263 a R$ 4,2 mil. Até agora, nenhuma foi paga, em função do período de defesa.

Conforme o secretário, a partir de quarta-feira os fiscais passarão a reforçar a fiscalização e a sensibilização dos moradores dos bairros Humaitá e Navegantes, na zona Norte. Ele adverte, porém, que todos os locais da Capital seguem passíveis de multa.

Já no bairro Cidade Baixa, considerado o mais boêmio de Porto Alegre, a Prefeitura abrirá nesta terça uma campanha de certificação de bares e restaurantes que fazem o descarte correto do lixo sólido. Carús destacou que a intenção, com a distribuição de selos, é tornar a Cidade Baixa um lugar mais receptivo pela limpeza. O DMLU também promete ampliar a coleta seletiva para os estabelecimentos comerciais da região.

Os donos de bares e restaurantes poderão descartar os resíduos secos nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 15h às 17h. Para os moradores do bairro, segue valendo o descarte nas segundas e sextas-feiras pela manhã.


Bookmark and Share


TAGS » Porto Alegre, Lixo, DMLU