Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
23ºC
Amanhã
11º 19º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

10/05/2014 10:58 - Atualizado em 10/05/2014 11:15

Promotor garante que ainda há fraudes na produção leiteira gaúcha

Ministério Público prepara nova fase da operação Leite Compen$ado

Três pessoas foram presas na quinta fase da operação<br /><b>Crédito: </b> Mauro Schaefer
Três pessoas foram presas na quinta fase da operação
Crédito: Mauro Schaefer
Três pessoas foram presas na quinta fase da operação
Crédito: Mauro Schaefer

Um ano após ser deflagrada a primeira fase da operação que investiga a adulteração do leite no Rio Grande do Sul, a Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor do Ministério Público (MP) gaúcho projeta a sexta fase da ofensiva Leite Compen$ado. Em entrevista à Rádio Guaíba neste sábado, o promotor Alcindo Bastos da Silva Filho não deu detalhes, mas garantiu que ainda há fraudes e mais pessoas poderão ser presas.

Supermercados devem retirar das prateleiras leites Pavlat e Hollmann
• Operação Leite Compen$ado apreende dois caminhões em Encantado
• Três são presos na quinta fase da operação Leite Compen$ado

“Infelizmente temos problemas em nosso horizonte, mas a operação não deve tardar muito. Em breve será desencadeada e a esperança é que sirva para desencorajar aventureiros que estão trabalhando desonestamente”, argumentou o promotor. Silva Filho disse que não há plenas garantias sobre a qualidade de nenhuma marca, mas orientou que consumidor esteja atento às promoções relâmpago.

O representante do MP sugeriu ainda um encontro com todas as indústrias e produtores para fazer uma espécie de “lista negra”. Na próxima semana haverá a Expoleite-Fenasul, no Parque de Exposições Assis Brasil, onde entidades do setor leiteiro estarão reunidas. O presidente da Gadolando, Marcos Tang, afirmou que o tema será debatido na feira e uma audiência pública poderá ser convocada. “É muito bem-vinda a discussão. Embora seja uma minoria, essa história macula muito a imagem dos leiteiros”, avaliou o dirigente.

Três pessoas foram presas nesta semana na quinta fase da operação Leite Compen$ado. As indústrias Pavlat e Hollmann estão envolvidas na adulteração do produto. Conforme investigações do MP, as empresas utilizavam produtos químicos para reaproveitar leite azedo. A Associação Gaúcha de Supermercados orientou que os estabelecimentos façam a retirada de todos os lotes das duas marcas.

Bookmark and Share


Fonte: Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.