Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 11/05/2014
  • 09:21
  • Atualização: 09:39

Explosão de mina mata sete policiais na Índia

Artefato teria sido colocado por rebeldes maoistas durante eleições legislativas

Atentado ocorreu durante eleições legislativas no país | Foto: Dibyangshu Sarkar / AFP / CP

Atentado ocorreu durante eleições legislativas no país | Foto: Dibyangshu Sarkar / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Sete policiais morreram neste domingo no Centro da Índia na explosão de uma mina, que teria sido instalada por rebeldes maoistas, em um novo ato de violência desde o início das eleições legislativas.

Os policiais patrulhavam uma zona florestal do estado de Maharashtra em um veículo quando ocorreu a explosão, indicou um porta-voz da polícia local. "Sete de nossos homens perderam a vida e outros dois, que sofreram ferimentos graves, foram levados (à cidade de Nagpur) para serem atendidos", acrescentou.

A guerrilha maoista pediu o boicote das legislativas, realizadas em várias etapas. A primeira destas etapas começou no dia 7 de abril. Os resultados serão divulgados no dia 16 de maio, quatro dias após o fim das eleições.

Os rebeldes maoistas atacam com frequência policiais ou soldados, detonando minas escondidas na beira de estradas, mas também sequestram autoridades governamentais e oficiais de polícia. A rebelião maoista começou com um movimento camponês em 1967 pela defesa das tribos e pelos camponeses sem terra e se estendeu por 20 dos 29 Estados da Índia.

Bookmark and Share