Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 12/05/2014
  • 16:17
  • Atualização: 16:26

Sintáxi não garante 100% dos carros com máquinas de cartão até a Copa

Sindicato rebateu informação da EPTC e se posicionou contrário à obrigatoriedade dos equipamentos

Sintáxi não garante 100% dos carros com máquinas de cartão até a Copa | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

Sintáxi não garante 100% dos carros com máquinas de cartão até a Copa | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

  • Comentários
  • Camila Kila / Rádio Guaíba

Após a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) prever que toda a frota de táxis de Porto Alegre esteja equipada com máquinas para pagamento com cartão até a Copa do Mundo, o Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi) rebateu a declaração na tarde desta segunda-feira. O presidente Luiz Nozari disse que a entidade é contrária à obrigatoriedade da instalação dos equipamentos nos quase 4 mil veículos. Segundo ele, a medida não é prevista em lei.

Nozari explica que cerca de 10% do total, o correspondente a cerca de 400 táxis, já dispõem de máquinas de crédito e débito, principalmente nos teletáxis. Ele estima que esse número é possível dar conta da demanda gerada pela vinda de mais de 100 mil turistas durante o Mundial, em junho.

O presidente ressaltou, ainda, que o diretor da EPTC, Vanderlei Cappellari, já foi alertado sobre a posição da entidade, de que não deve ser exigida a colocação dos equipamentos. Conforme ele, alguns taxistas vem adotando a prática a fim de melhorar a segurança. O presidente, porém, prevê que a longo prazo a melhor decisão seja de buscar o pagamento por celular, que é possível em aparelhos como smartphones, em razão do menor custo para os permissionários.

Além da instalação das máquinas, a EPTC espera regulamentar nesta semana a padronização dos uniformes dos taxistas, para que todos sejam identificados através do uso de camisas azuis e calça ou bermuda de cor escura. Quem for flagrado sem a vestimento, pode ser multado.

Bookmark and Share