Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
14º 25º


Faça sua Busca


Notícias > Geral

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

12/05/2014 21:32 - Atualizado em 13/05/2014 08:29

Suspeito da morte de Bernardo só vai depor com detector de mentiras

Advogado de irmão de assistente social disse confiar na inocência do cliente

Preso no sábado suspeito de participar da morte do menino Bernardo Boldrini, Evandro Wirganovicz só vai depor com o uso de um detector de mentiras. A informação foi divulgada pelo advogado do motorista, Demetryus Grapiglia. O defensor diz acreditar na inocência do cliente e que a utilização do equipamento servirá como prova para pedir sua soltura.

• Leia mais sobre o caso Bernardo

“Tenho certeza da inocência do meu cliente. O detector de mentiras nos ajudará a produzir uma prova técnica”, comentou o advogado, durante entrevista coletiva em Frederico Westphalen, no Norte do Rio Grande do Sul. O homem foi preso temporariamente por suposta participação na ocultação de cadáver do menino.

O defensor contou também que pretende fazer uma reconstituição do momento em que o corpo de Bernardo foi enterrado. Para isso, ele levará uma voluntária ao local e mostrar que duas mulheres poderiam cavar o buraco, sem necessidade de ajuda de um homem.

Evandro é irmão da ssistente social Edelvânia Wirganovicz, que confessou o crime ao lado da madrasta, Graciele Ugulini. As duas estão presas, além do pai do menino, Leandro Boldrini. Da prisão, Edelvânia escreveu uma carta nesta segunda-feira inocentando o irmão Evandro. No documento, ela diz que o motorista “não teve nada a ver” com o crime.


Bookmark and Share

Fonte: Fernanda Pugliero / Correio do Povo






O que você deseja fazer?

Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.