Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 13/05/2014
  • 12:41
  • Atualização: 12:44

Polícia faz vistoria em 18 ferros-velhos de Porto Alegre

Cerca de 250 pessoas foram presas desde março de 2013

De acordo com delegado, cerca de 250 pessoas foram presas desde março de 2013 | Foto: Álvaro Grohmann / Especial / CP

De acordo com delegado, cerca de 250 pessoas foram presas desde março de 2013 | Foto: Álvaro Grohmann / Especial / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Foi desencadeada na manhã desta terça-feira, em Porto Alegre, uma operação para vistoriar estabelecimentos comerciais que compram e vendem autopeças. A ação teve a participação de 50 agentes do Departamento Estadual de Investigações criminais (Deic) e estava sob o comando do responsável pela delegacia de Roubo de Veículos (DRV), Juliano Ferreira. No entando, ainda não foi divulgado nenhum balanço sobre a operação. Por conta do grande número de peças, o resultado é mais demorado.

Cerca de 18 ferros-velhos localizados nas avenidas Sertório, Baltazar de Oliveira Garcia, Protásio Alves e Antônio de Carvalho foram vistoriados na operação Pente Fino. Os policiais civis examinaram, por exemplo, a presença de peças sem identificação ou também com numeração que indicasse uma possível situação ilícita. “A ação tem um caráter preventivo”, explicou o delegado, acrescentando o roubo e furto de veículo prospera também por conta da receptação.

Dados sobre roubos

Segundo o delegado, a operação prendeu mais de 250 pessoas, envolvidos com roubo e furto de veículos, desde março do ano passado. Já a recuperação de veículos subiu para 60%. O titular da delegacia de Roubos de Veículos lamentou a legislação branda que permite a soltura de criminosos, apesar de serem sucessivamente presos em flagrante delito. E ainda observou que, além de quadrilhas especializadas, o roubo e furto de veículos tem sido cometido por “qualquer um”.

Bookmark and Share