Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 17/05/2014
  • 22:12
  • Atualização: 22:16

Posto de saúde de Osório funcionará 24 horas por dia

Hospital do município foi evacuado após incêndio em transformador

Posto de saúde de Osório funcionará 24 horas por dia | Foto: Tarsila Pereira

Posto de saúde de Osório funcionará 24 horas por dia | Foto: Tarsila Pereira

  • Comentários
  • Cíntia Marchi / Correio do Povo

O prefeito de Osório, Eduardo Abrahão, informou que o Posto de Saúde Central, que funcionava 12 horas por dia, passará a abrir 24 horas para dar suporte à população do município do Litoral Norte, já que o Hospital Beneficente São Vicente de Paulo precisou ser evacuado devido a incêndio na manhã deste sábado.

• Jovem dá a luz a menina durante incêndio em hospital de Osório
Hospital em Osório estava sem alvará contra incêndio
Explosão de transformador força evacuação de hospital em Osório

Funcionários e recursos do hospital serão utilizados para agilizar os atendimentos no posto. “Estamos vivendo uma situação complicadíssima. Mas queremos agradecer os hospitais e os prefeitos das cidades que acolheram os pacientes e aqueles que se colocaram à disposição para ajudar”, destacou o prefeito.

Já a secretária estadual da Saúde, Sandra Fagundes, garantiu que o governo do Estado irá atuar no sentido de angariar recursos para recolocar a instituição hospitalar em funcionamento. “Vamos trabalhar junto à União para conseguirmos os recursos, já que este é um hospital referência, é importante para esta região e assumimos este compromisso de governo”, explicou.

No entanto, o montante necessário para revitalizar o hospital ainda não foi dimensionado. “Isto vai depender do diagnóstico, do que a perícia vai dizer para sabermos qual o tamanho do estrago”, observou o titular da 18ª Coordenadoria Regional da Saúde (CRS), Luís Genaro Figoli. Ele acrescentou que, enquanto a instituição não retoma os trabalhos, os moradores da cidade serão encaminhados para a rede hospitalar da região, bem como será providenciado atendimento - provavelmente em Torres e Porto Alegre - para as 172 pessoas que necessitam dos procedimentos de hemodiálise.

Bookmark and Share


TAGS » Saúde, Geral, Osório