Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 18/05/2014
  • 14:29

Ministério alerta turistas sobre contratação de guias na Copa

Governo estima que 600 mil estrangeiros visitem o Brasil durante a competição

  • Comentários
  • Agência Brasil

Para a segurança dos turistas que vão passear pelo Brasil durante os jogos da Copa do Mundo, o Ministério do Turismo alerta sobre a importância de acessar a lista de guias cadastrados antes de contratar os serviços de um profissional.

“Consultar a lista garante que o turista vai contratar um profissional que passou por um curso de formação, que recolhe impostos, que tem atividade formal. Além disso, o registro fornece identificação. O profissional recebe um crachá com diversas informações, por exemplo, os idiomas que domina ou se é especializado em algum tipo de turismo”, explica o assessor do ministro do Turismo Ítalo Mendes.

O Cadastur, banco de profissionais feito pelo Ministério do Turismo, reúne 11.252 guias. A pasta ressalta que todo guia que exerce a profissão deve ter concluído curso técnico profissionalizante na área e ter registro no Cadastur.
Além destes profissionais, o cadastro também traz listas de hotéis, campings, agências de turismo, empresas de transporte turístico, que também devem ter registro obrigatório no Ministério do Turismo.

O serviço pode ser usado tanto por quem já tem o nome ou CPF do profissional quanto por quem quer ter acesso a uma lista de guias de turismo. O cadastro existe desde 2004 e está permanentemente disponível para os interessados.

A estimativa da pasta é que 600 mil estrangeiros visitem o Brasil durante a Copa do Mundo e 3,1 milhões de brasileiros se desloquem internamente para assistir aos jogos do Mundial.  Para facilitar a estada deles no Brasil, a Embratur, empresa ligada ao Ministério do Turismo, deve lançar nos próximos dias um aplicativo para smartphones e tablets chamado Fellowtrip. O objetivo é que os turistas possam ter mais dicas sobre o país.

Bookmark and Share